Entenda como a psicoterapia sexual pode ajudar no seu relacionamento

Psicólogos especializados em sexualidade e terapia sexual podem auxiliar você a ter uma vida sexual mais plena e saudável.

Entenda como a psicoterapia sexual pode ajudar no seu relacionamento
Buscar ajuda profissional é um passo importante. - Imagem: ilona titova/iStockg

É natural que com o tempo não apenas o desempenho físico, como também a potência sexual e libido diminuam. Mas não é apenas a idade e, consequentemente menores níveis hormonais, que podem afetar o seu desejo sexual.

Quando o corpo e a mente sofrem uma grande pressão, o seu desejo sexual também é afetado. As barreiras psicológicas, como o medo de falhar na hora "H", a pressão pelo desempenho perfeito e o medo de perder os atrativos com a idade afetam de diversas formas o seu desejo sexual, podendo até mesmo levar a uma impotência sexual.

Embora os problemas de cunho sexual também possam ser causados por efeitos colaterais de alguns medicamentos ou doenças, em geral eles estão relacionados a problemas de insegurança e falta de comunicação com o parceiro.

Sendo assim, ter um diálogo aberto com o seu parceiro sobre os seus medos e desejos é fundamental. O prazer requer tempo, paciência e cumplicidade. É importante que o casal esteja disposto a se entregar à relação, quebrar a rotina diária e buscar aconselhamento profissional quando necessário.

Quando é importante falar com um profissional?

A falta de libido e a impotência sexual podem afetar significativamente sua qualidade de vida, bem-estar emocional e relacionamentos íntimos. Se você sofre com esse tipo de situação e já fez um check-up para se certificar de que não há um problema físico que esteja lhe afetando, consulte um psicólogo.

Psicólogos especializados em sexualidade e terapia sexual podem ajudar a identificar as causas subjacentes dos problemas sexuais, oferecer suporte emocional, orientações e técnicas para melhorar a função sexual e ajudar a fortalecer a intimidade nos relacionamentos.

  1. Quando a falta de desejo sexual ou a impotência persistirem por um período prolongado, interferindo regularmente na sua vida sexual.
  2. Quando os problemas sexuais causarem angústia emocional, ansiedade, baixa autoestima ou depressão.
  3. Se você está enfrentando dificuldades de intimidade com o seu parceiro e não consegue encontrar soluções efetivas por conta própria.
  4. Quando os problemas de desejo sexual ou impotência estão afetando negativamente seu relacionamento, levando a conflitos ou distanciamento.
  5. Se houver preocupações persistentes sobre sua identidade sexual, orientação sexual ou conflitos internos em relação à sua sexualidade.
  6. Quando outros aspectos da sua saúde mental estão contribuindo para os problemas sexuais, como estresse, trauma, ansiedade generalizada ou depressão.
  7. Se você está enfrentando dificuldades em lidar com mudanças significativas na sua vida, como perda de um ente querido, divórcio, problemas financeiros ou problemas profissionais, que podem estar impactando sua vida sexual.